• Bruno Silva

CONHECENDO O DEATH VALLEY




Em novembro de 2018 tive a oportunidade de visitar o Death Valley (Vale da Morte) e essa foi uma das experiências mais incríveis que eu já tive.


O Death Valley nada mais é que um parque nacional dos Estados Únidos da América e possui extensão de 13.650 km². Além disso, ele é divisa entre os estados da Califórnia e Nevada.


Se você ainda não sabe do que estou falando, o local é o maior deserto americano, e também possui a região mais profunda de todos os EUA. O passeio é recomendado para todos aqueles que gostam de paisagens estonteantes e trilhas, que é o meu caso.


Para explicar bem, vou contar como foi a minha trajetória.


Saímos de Pahrump durante o periodo da manhã. O parque não possui bons restaurantes, apenas em alguns lugares bem distantes é possível comprar algo, portanto leve comida.


Começamos pelo Dante's View que é o local mais alto do parque, cerca de 5.475 pés de altura (1500 metros) e aconselho a todos começarem por lá, principalmente se você está vindo de Las Vegas.



A minha ideia inicial era visitar 3 pontos e depois disso pegar a estrada para Yosemite, porém na prática as coisas foram bem diferentes. Saímos as 9 horas da casa que alugamos e só chegamos em Dante's view por volta das 11 hrs da manhã. Como não tem sinal de celular dentro do Death Valley nós haviamos baixado os mapas do maps e deixei no modo navegação o tempo todo.



Após a vista maravilhosa do Death Valley fomos caminhando pro local Bad Water, que antagonicamente ao Dante's view é o local mais baixo de todos EUA. A atração fica a mais ou menos 93 metros abaixo do nível do mar, além de ser considerado um dos lugares mais quentes do planeta. Vale da Morte, detém o recorde de temperatura do ar mais alta registrada na Terra a 56,7 °C em 10 de julho de 1913, bem como a maior temperatura natural a nível do solo já registrada na Terra a 93,9 °C em 15 de julho de 1917.



A vista em Bad Water é bem impressionante e pode render ótimas fotos, vale a pena caminhar em meio a salina e ficar viajando sobre a ideia de como seria sobreviver num deserto como esse. Esse passeio não é recomendado no verão, periodo onde é permitido ficar fora do veiculo por 10 minutos.



Como ultima parada antes de pegar estrada escolhemos a Natural Bridge ( Ponte Natural) que é uma ponte formada ao lado das rochas da cordilheira costeia o Death Valley. Essa trilha tem a disntância de mais ou menos 1,7 km porém é uma subida bem intensa e não é recomendado para pessoas com obesidade, idosos ou até mesmo pessoas com dificuldade de locomoção.


Gostaria sinceramente de ter ficado muito mais tempo no Death Valley, porém precisava muito pegar a estrada.



1 visualização
  • Black Facebook Icon
  • Preto Ícone YouTube
  • Black Instagram Icon

RECEBA AS NOVIDADES

© 2018 por Food Hunter. Orgulhosamente criado com Wix.com